O Prazer do Ribatejo

.posts recentes

. Prosperidade...

. PAD - ESPAÇOS URBANOS

. TURISMO DA NATUREZA

. TURISMO CULTURAL

. PAD - ACÇÃO SOCIAL

. PAD - EDUCAÇÃO E DESPORTO

. PAD - DESENVOLVIMENTO ECO...

. DESENVOLVIMENTO ECONÓMICO...

. TURISMO - PLANO ACÇÃO DES...

. PAD - CULTURA

.arquivos

. Julho 2009

. Maio 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

Segunda-feira, 24 de Dezembro de 2007

PAD - ACÇÃO SOCIAL

Acção Social

Passa pela habitação social e atribuição de casas sociais.

Apoio à terceira Idade na inserção na vida activa e nas actividade do concelho em colaboração com as Instituições do Concelho.

Captação de Lar de Idosos Privado, com o intuito de criação de emprego e captação e diversificação de empresas no Concelho no âmbito da política do Desenvolvimento económico. 

Valorizar a comissão de protecção de menores do concelho. Campanha “Protejemos os teus direitos” a divulgar por todas as escolas do concelho.  

Criar um projecto Inovador de Cidadania Activa: 

O projecto Cidadania Activa configura uma proposta de intervenção integrada, disseminada por diversas acções, cujo propósito fundamental é contribuir para a inclusão social, a empregabilidade e a promoção da cidadania, numa lógica de acção que possaintegrar os contributos de diferentes parceiros concelhios.  Intervir para a promoção da inclusão, da empregabilidade e da cidadania, reforçando a actuação em parceria.

publicado por Cegonho às 10:36
link do post | comentar | favorito
Domingo, 16 de Dezembro de 2007

PAD - EDUCAÇÃO E DESPORTO

Educação

Parceria estreita entre a escola e o município. As Escolas devem ser convidadas a participar em todas as actividades, nomeadamente, a organização da Semana da Feira do Livro.

É altura requalificar as escolas das freguesias. Deve-se requalificar as escolas do ensino Básico e Jardim de Infância como um todo – lúdico, pedagógico e tecnológico.

A Escola Nova deverá ser acessível, atractiva, activa, actual, versátil e multifacetada. A Escola deverá ser tecnologicamente evoluída!

O concelho deve ser explorado com visitas de estudo.

O teatro e o desporto tem de fazer parte do ano curricular.   

A criança será o actor desta acção.

Desporto

Criar programas de apoio ao associativismo desportivo.

Projectos de apoio ao desporto de rendimento.

Projectos de clubes e associações desportivas.

Requalificar todos os poli-desportivos, campos de futebol, e pavilhões desportivos.

O Apoio ao desporto passa pelo apoio em transportes, aquisição de equipamentos desportivos e manutenção, enquadramento técnico e organização desportiva.

publicado por Cegonho às 10:52
link do post | comentar | favorito
Sábado, 15 de Dezembro de 2007

PAD - DESENVOLVIMENTO ECONÓMICO - ECOPARQUE

DECIDI DESDE O INÍCIO DESTE ESTUDO (PLANO DE ACÇÃO E DESENVOLVIMENTO ESTRATÉGICO DO CONCELHO DA CHAMUSCA ) COLOCAR O PARQUE DO RELVÃO - FUTURO ECOPARQUE COMO FUNDAMENTAL PARA A CRIAÇÃO DE EMPREGO.

NÃO HÁ BELA SEM SENÃO! OS RESÍDUOS PERIGOSOS VÃO SER TRANSPORTADOS POR DENTRO DE ALDEIAS, VILAS E CIDADES E DEVEM SER TRATADOS SEMPRE LONGE DAS POPULAÇÕES. HÁ QUE REFLECTIR E EXIGIR SEGURANÇA DAS POPULAÇÕES QUE FICAM MAIS PRÓXIMAS DO PARQUE.

O QUE É UM CIRVER

"Com vista a implementar uma solução alternativa para os RIP (RESÍDUOS INDUSTRIAIS PERIGOSOS), foram criados os CIRVER , Centros Integrados de Recuperação, Valorização e Eliminação de Resíduos Perigosos, através do D.L . n.º 3/2004, de 3 de Janeiro. A instalação e a exploração de um CIRVER estão sujeitas a licenciamento, a conceder pelo Ministério do Ambiente.

 

Os CIRVER pretendem ser unidades integradas que conjuguem as melhores tecnologias disponíveis a custos comportáveis, permitindo viabilizar uma solução específica para cada tipo de resíduo, de forma a optimizar as condições de tratamento e a minimizar os custos do mesmo.


Um CIRVER inclui as seguintes unidades de recuperação, valorização e eliminação de resíduos perigosos:

a)      Unidade de classificação (incluindo laboratório, triagem e transferência)

b)      Unidade de estabilização (de cinzas volantes, lamas de tratamento de efluentes gasosos e de águas residuais e resíduos da valorização de solventes e óleos usados)

c)       Unidade de tratamento de resíduos orgânicos (como sais e soluções contendo compostos orgânicos, resíduos contendo hidrocarbonetos e solventes usados)

d)      Unidade de valorização de embalagens contaminadas fito-sanitárias , produtos petrolíferos, tintas e vernizes)

e)      Unidade de descontaminação de solos

f)       Unidade de tratamento fisico-químico

g)      Aterro de resíduos perigosos

 

Os CIRVER conseguem intervir na maioria das tipologias dos RIP , conduzindo à sua redução e valorização e à sua posterior utilização como matéria-prima no mesmo processo ou em processo de fabrico diferente. Os resíduos que não possam ser sujeitos a processos físico-químicos e biológicos, na totalidade ou em parte, podem ser submetidos a operações de estabilização ou inertização antes de serem depositados em aterro, para redução significativa da sua quantidade e perigosidade. Os CIRVER estão preparados para tratar mais de 90 % dos RIP e parte dos restantes poderá ser exportada ou incinerada. 

 O D. L. n.º 3/2004 prevê ainda a criação do observatório nacional dos CIRVER , com a participação de representantes da Administração Pública e da sociedade civil, sendo-lhe atribuídas várias funções, nomeadamente: monitorização do funcionamento dos CIRVER ; disponibilização de informação resultante dessa monitorização à população em geral;  emissão de recomendações às entidades licenciadas relativas à gestão dos CIRVER e às entidades licenciadora e coordenadora sobre a actividade licenciada; alerta do governo e das autarquias locais para situações anómalas; proposta de adopção de medidas de correcção." CÁTIA ROSAS

A CONSTRUÇÃO DO PARQUE TEM O SEU TEMPO. A COMPRA DE TERRENOS TEM DE SER BEM GERIDA, LONGE DAS POPULAÇÕES, AS EMPRESAS TÊM DE SER FISCALIZADAS. APESAR DE SER UM ECOPARQUE PODE TRAZER GRAVES PROBLEMAS DE SAÚDE PÚBLICA SE NÃO HOUVER CONTROLO E FISCALIZAÇÃO AMBIENTAL.

A CHAMUSCA DEVE INCENTIVAR OS SEUS JOVENS A INGRESSAR NO ENSINO SUPERIOR NAS ÁREAS DA ENGENHARIA QUIMICA E DO AMBIENTE.

publicado por Cegonho às 09:43
link do post | comentar | favorito
Segunda-feira, 10 de Dezembro de 2007

DESENVOLVIMENTO ECONÓMICO - PAD

A pobreza continuará, se não se apoiar e incentivar a criação e transferências de empresas para o concelho. 

São as indústrias que criam riqueza!

Devem vender-se terrenos e fixar benfícios fiscais a empresas que sejam consideradas importantes para o desenvolvimento do concelho! A criação de emprego é uma condição. 

Neste Plano de Desenvolvimento o objectivo é de criar mais de 400 novos empregos com a instalação em 4 anos de 6 Indústrias.

Deve ser criado no centro da vila um Shoping de Comércio Local em open space,  remodelar-se o mercado municipal, inserindo o centro de Artesanato  no espaço e efectuar a requalificação do centro da Vila. Os comerciantes da Vila e do Concelho merecem mais envolvimento da CMC. Os Centro das freguesias devem ser todos requalificados.

O IC3 bem como os incentivos fiscais locais são determinantes para o cumprimento destes objectivos.

Promover cursos de formação para qualificação dos trabalhadores do concelho de acordo com as apetências.  

Queremos ter uma população capaz de enfrentar os novos desafios económicos do concelho.

A formação e requalificação dos trabalhadores serve de incentivo aos empresários. É essencial a CMC preocupar-se com qualificação da população do concelho. A CMC deve investir em terrenos e criar condições à instalação das empresas.

Devemos continuar a desenvolver os Cirveres e criar condições para mais instalações industriais na zona (Parque do Relvão), nunca descorando as boas condições ambientais. Estas empresas devem fixar-se no concelho com a contrapartida de empregarem as gentes do concelho. 

Incentivar empresários e a própria Câmara Municipal da Chamusca a Criar Modelo Operacional de Gestão por objectivos.  A gestão de competências é essencial para uma melhor gestão da "coisa pública".

publicado por Cegonho às 21:34
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
Quarta-feira, 5 de Dezembro de 2007

TURISMO - PLANO ACÇÃO DESENVOLVIMENTO

A curto prazo CMC deve promover o concelho junto das feiras de turismo.

Criar incentivos à implementação de empresas de turismo rural, caça e pesca.

Deve-se impulsionar a restauração e a hotelaria e apostar num concelho com actividades culturais permanentes.

A caça, o todo-o-terreno, os passeios a cavalo pelo campo e charneca são alguns exemplos que podem ser explorados.

Não podemos desenvolver o turismo sem pensarmos no Tejo.

Planear a construção de um açude no Tejo que permita obter um lençol de água, que para além dos efeitos benéficos  para a Agricultura,  permitirá a instalação de praias fluviais e desportos náuticos.

Os museus serão revitalizados.

O Turismo pode criar riqueza no concelho da Chamusca!

Planear e criar um Parque Natural Temático (referência a nível nacional para receber escolas de todo o País e público em geral) um Parque de Campismo com algumas pequenas casas (espaços a explorar por concurso por empresas privadas)

publicado por Cegonho às 19:08
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito

.Sobre Mim

.pesquisar

 

.Julho 2009

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.tags

. todas as tags

blogs SAPO

.subscrever feeds