O Prazer do Ribatejo

.posts recentes

. Prosperidade...

. PAD - ESPAÇOS URBANOS

. TURISMO DA NATUREZA

. TURISMO CULTURAL

. PAD - ACÇÃO SOCIAL

. PAD - EDUCAÇÃO E DESPORTO

. PAD - DESENVOLVIMENTO ECO...

. DESENVOLVIMENTO ECONÓMICO...

. TURISMO - PLANO ACÇÃO DES...

. PAD - CULTURA

.arquivos

. Julho 2009

. Maio 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

Segunda-feira, 14 de Janeiro de 2008

TURISMO DA NATUREZA

O Turismo da Natureza é um subsector composto por estabelecimentos, actividades, serviços de alojamento e animação turística e ambiental realizados e prestados em zonas integradas nas áreas protegidas.

Este turismo depende da animação ambiental, da prestação de serviço e hospedagem e envolve uma diversidade de serviços e instalações que visam a ocupação dos tempos livres dos turistas e visitantes bem como a fruição de valores naturais culturais, próprios da área protegida.

No Turismo da Natureza destacam-se três modalidades:

A Animação, onde se insere a gastronomia, artesanato, produtos e tradições da região, permitindo desenvolver as infra-estruturas e serviços existentes;

A Interpretação Ambiental, caracteriza-se por transmitir conhecimento ao turista ou visitante da fauna e flora, bem como aspectos ligados aos usos e costumes das populações, sistemas e equipamentos do turismo da natureza. Pode-se inserir nesta modalidade a visita ao Parque do Relvão e a todas as indústrias que lá se instalam. Há um potencial enorme a partir deste momento para criar visitas temáticas ricas em questões ambientais à volta do futuro “parque Industrial do ambiente”.  Urge a constituição de empresas ligadas ao sector do turismo. Lembro que este turismo tem uma alta taxa de crescimento em Portugal, cerca de 8 a 10 %.

Desportos na Natureza, actividades em contacto directo com a natureza e que devem ser praticadas de forma não nociva à natureza: temos a a charneca, temos de criar circuito pedonais, desenvolver desportos no Tejo, fazer visitas guiadas ao Touro Bravo, visitar a Reserva do Paúl do Boquilobo e organizar passeios todo-o-terreno.

É essencial o empreendedorismo. Há um potencial enorme a médio prazo para este produto, ao nível das escolas nacionais, ao nível de grupos organizados, de empresas e de instituições.

Há que saber agarrar esta oportunidade!

publicado por Cegonho às 22:00
link do post | comentar | favorito
2 comentários:
De JOAO AUGUSTO a 6 de Setembro de 2007 às 22:24
O turismo é essencial ao desenvolvimento das terras. Mas há muito mais! Este PAD deve ser tratado e aplicado como plano estratégico conjunto. Cada tema deve ser analisado no todo.
Mas parece que a Câmara começa a utilizar algumas ideias que constam no seu Plano, mas desgarradas, sem planeamento. A chamusca merece mais!
De Filipe Gomes a 28 de Dezembro de 2007 às 19:25
Sem duvida que portugal cada vez mais esta nos olhos de turistas extrangeiros.
Um bom exemplo disso é esta casa de Turismo de Habitação, que conheço, e a sua ocupação baseia-se essencialmente em turistas extrangeiros. Se achar oportuno, pode divulgar.
http://www.hotel-portugal.org
geral@hotel-portugal.org

Comentar post

.Sobre Mim

.pesquisar

 

.Julho 2009

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.tags

. todas as tags

blogs SAPO

.subscrever feeds